Pesquisar este blog

Ocorreu um erro neste gadget

Seguidores

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

melhores do ano

Por Categoria Mecânica Original

Alguns jogos colocam personagens para pular sobre obstáculos. Outros os fazem correr  exageradamente ou mesmo voar sobre um vasto território. Impressionante? De certa forma. Realmente original? Não. Os nominados para “Mecânica Original” são necessariamente jogos  que introduziram um conceito distinto de jogabilidade, mesmo que seja apenas uma forma  diferente de se fazer a mesma coisa.

Afinal, você já deve ter feito escolhas morais em jogos, mas provavelmente não foi obrigado a decepar o próprio dedo (Heavy Rain). Da mesma forma, pular sobre plataformas não é de fato  algo inédito, a menos que o cenário possa ser alterado por zíperes (Kirby’s Epic Yarn).

Jogos Nomeados

  •   Alpha Protocol
  •   Kirby's Epic Yarn
  •   Dance Central
  •   Tom Clancy's Splinter Cell: Conviction
  •   Heavy Rain: The Origami Killer

 Vencedor


Nome do Jogo N° de Votos Porcentagem
Heavy Rain: The Origami Killer 972 votos 44%
Tom Clancy's Splinter Cell: Conviction 697 votos 31%
Dance Central 285 votos 13%
Kirby's Epic Yarn 214 votos 10%
Alpha Protocol 46 votos 2%

 O grande vancedor


Heavy Rain: The Origami Killer (PS3)


Desenvolvedor: Quantic Dream Distribuidor: Sony America
A originalidade da mecânica de Heavy Rain praticamente nem precisaria ser debatida. Afinal, o título da Quantic Dream praticamente estreou o seu próprio gênero, intitulado “drama interativo” — um terreno que apenas havia sido tateado anteriormente por Indigo Prophecy, da mesma desenvolvedora.

De fato, seria difícil imaginar outro jogo em que as suas decisões influenciassem em fatos tão discrepantes quanto decepar ou não um dedo, utilizar uma bomba de asma ou fazer um interrogatório.

Quem jogou deve se lembrar ainda da experiência única de “arremessar” o controle do PS3 como um volante a fim de manter o seu carro na pista ou arremessar armas improvisadas contra um inimigo. Tudo isso constantemente animado por um clima cinematográfico.










Por Categoria Melhor Arcade

Se no passado os jogos para download eram sinônimos de baixa qualidade, hoje o conteúdo digital da Sony, Microsoft e Nintendo comprova que grandes títulos não precisam ser exibidos em prateleiras. Isso sem falar na Steam, que tornou o PC uma plataforma tão competitiva quanto os consoles de mesa.

Este ano, os games independentes e alternativos foram os grandes destaques dos downloads. Os aclamados Limbo e Super Meat Boy mostraram que uma boa proposta é melhor que um ótimo gráfico, assim como Scott Pilgrim vs. The World: The Game e Megaman 10 abriram mão do visual para mostrar que ser retro também é estar na moda.

Outros jogos não ousaram tanto, mas isso não os torna menos divertidos. DeathSpank e Joe Danger, por exemplo, apostaram em um estilo mais engraçado e com ênfase em situações absurdas. Afinal, nada melhor do destruir e andar de moto enquanto se dá boas risadas, não é mesmo?

Jogos Nomeados

  •   Hydro Thunder Hurricane
  • Snoopy Flying Ace
  • Toy Soldiers
  •   Joe Danger
  •   DeathSpank
  •   Super Meat Boy
  •   Scott Pilgrim vs. the World: The Game
  • Seu voto Mega Man 10
  • Seu voto Limbo

Vencedor Escolha do Baixaki Jogos

Clique aqui paraRevelar o Vencedor

Vencedor Escolha dos Usuários

Nome do Jogo N° de Votos Porcentagem
Limbo 1002 votos 51%
Mega Man 10 241 votos 12%
Scott Pilgrim vs. the World: The Game 216 votos 11%
Super Meat Boy 170 votos 9%
DeathSpank 99 votos 5%
Joe Danger 76 votos 4%
Toy Soldiers 69 votos 4%
Snoopy Flying Ace 33 votos 2%
Hydro Thunder Hurricane 33 votos 2%
The UnderGarden 20 votos 1%

O grande vencedor
Melhor Arcade
Box_normal

Limbo (Xbox 360)

Desenvolvedor: PLAYDEAD Distribuidor: PLAYDEAD
Histórias de amor não faltaram nos jogos baixáveis deste ano. Seja a luta por seu amor em Scott Pilgrim VS. The World ou a tentativa de salvar o bolinho de carne de seu coração em Super Meat Boy, o que mais vimos foram demonstrações de afeto. Mas o sentimento que mais chamou a atenção em 2010 foi o de um garoto por sua irmã desaparecida.

Tudo em Limbo se destaca. Sua simplicidade, enredo e jogabilidade conquistaram jogadores de todas as idades e gostos. Nem mesmo a exclusividade para o Xbox 360 impediu que donos de outros sistemas se admirassem com a proposta.

A produção completamente independente que mistura plataforma e quebra-cabeças mostrou que jogos criativos ainda têm seu espaço no mercado. Mais do que isso, a singela história serve para mostrar que ainda ideias simples, mas criativas, também fazem sucesso.
Img_normal

Por Categoria Melhor Baseado em Filmes

Quando se sai do cinema, após assistir a um bom filme, é praticamente impossível não se imaginar no lugar do protagonista. Pensar o que você faria em determinada situação, se agiria exatamente como o personagem ou faria tudo diferente. Os games baseados em filmes estão aí para preencher essa lacuna.

Será que você é capaz de sobreviver às batalhas mortais do mundo cibernético de Tron: Evolution, ou lutar pelo coração de sua amada como o valente Scott Pilgrim? Ou prefere criar seu mundo de brincadeiras em Toy Story 3 e se aventurar com animais fantásticos em Como Treinar Seu Dragão?

Seja qual for sua preferência, a verdade é que os filmes deixaram de se tornar uma forma passiva de entretenimento, e tomaram um espaço além das prateleiras de DVD em nossas casas. Resta saber se você está preparado para enfrentar os mesmos desafios dos personagens dos longa

Jogos Nomeados

  • Alice in Wonderland
  •   How to Train Your Dragon
  •   Scott Pilgrim vs. the World: The Game
  •   Toy Story 3
  •   TRON: Evolution

    Melhor Baseado em Filmes

    Scott Pilgrim vs. the World: The Game (PS3)

    Desenvolvedor: Ubisoft Montreal Distribuidor: Ubisoft
    A batalha épica contra sete ex-namorados malignos garantiu a Scott Pilgrim não apenas o coração de sua amada Ramona Flowers, mas também o troféu de Melhor Jogo Baseado em Filmes no ano de 2010. O game de luta trouxe de volta o estilo dos clássicos beat’em ups dos anos 80 e 90 e conquistou os gamers por meio das redes online do PlayStation 3 e Xbox 360.

    Os mais puristas podem afirmar que, na verdade, Scott Pilgrim vs. The World: The Game é baseado na série de gibis de Bryan Lee O’Malley, mas é fato que o game não chegaria aos consoles se não fosse pelo filme. A estética inspirada nos jogos que permeia todo o longa também contribuiu e muito para a criação do título.

    Seja qual for a definição, o que importa é que este é um dos melhores games do ano, principalmente para os fãs de jogos de luta. Por isso, prepare seus punhos e divirta-se!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Total de visualizações de página